Justiça mantém bloqueio de bens de Alckmin

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou um pedido da defesa de Geraldo Alckmin para suspensão do bloqueio de bens do ex-governador, informa o G1.

O tucano está com seus bens bloqueados desde 15 de abril e é investigado pelo Ministério Público por suspeita de improbidade administrativa.

O nome de Alckmin aparece nas delações premiadas de três ex-executivos da Odebrecht, segundo os quais teriam sido pagos mais de R$ 8,3 milhões, não declarados à Justiça Eleitoral, para a campanha do tucano nas eleições de 2014.

O ex-governador nega as acusações.

O Antagonista+: podcasts exclusivos com os comentários e análises de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Diego Amorim e Renan Ramalho. CONFIRA

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Marcelo disse:

    O santo do PSDB!!! Ah não. ..não acredito...e o acerto de cafajestes com o marcola do pcc? O Trendalão ? A merenda das criancinhas? Porque não tem 5 minutos globo pra esses assuntos?

Ler comentários
  1. Pascoal disse:

    chupa, tucanada.. vão chorar junto com os petistas na rua por mais mamata, também!!

  2. OPJ disse:

    A versão de que a lava-jato só investiga petistas não se sustenta. Mais uma MENTIRA do partido do ladrão-mor.

  3. Massaaki disse:

    A LAVAJATO é muito democrática. Pega todo mundo. Parabéns!

  4. JoseRMonteiro disse:

    Que bens? Um fusca e uma chácara no interior? Ou seria o estetoscópio e a maleta, de médico?

    1. Pra dar palpite no governo ele tem toda solução mas para explicar o bloqueio de bens ele responde simplesmente negando

  5. Cidadão disse:

    FLÁVIO BOLSONARO TAMBÉM É INVESTIGADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO POR PRÁTICA DE RACHID.

    1. Cidadão o MAV PASPALHÃO defensor do Alkmin 🤡🤡🤡🤡🤡💰💰💰💰