Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça mantém júri popular para acusados de matar Marielle e Anderson

Justiça mantém júri popular para acusados de matar Marielle e Anderson
Foto: Rodrigo Chadí/Fotoarena/Folhapress

Em sessão por videoconferência nesta terça-feira (9), a 1ª Câmara Criminal do TJ do Rio manteve a decisão de levar a júri popular o PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz, presos há dois anos, acusados de matar Marielle Franco e Anderson Gomes.

A defesa dos acusados havia entrado com recurso para tentar reverter a decisão de levá-los a júri popular, que é de março do ano passado.

A decisão da 1ª Câmara Criminal do TJ foi unânime. Os advogados de Lessa e Élcio alegaram falta de provas e indícios suficientes que ligassem a dupla ao assassinato da vereadora do PSOL e de seu motorista, versão contestada pela defesa de Marielle.

A vereadora do PSOL e Anderson Gomes foram mortos a tiros em uma emboscada no centro do Rio, em 14 de março de 2018.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO