ACESSE

Justiça nega bloqueio de bens de ex-ministro da Saúde

Telegram

A juíza Iolete Maria Fialho de Oliveira, da 22ª Vara da Justiça Federal em Brasília, negou um pedido do Ministério Público para bloquear os bens do ex-ministro da Saúde Ricardo Barros.

“Entendo ser precipitada a determinação de bloqueio de bens, nos termos requeridos na inicial, sem que se estabeleça o mínimo de contraditório, especialmente tendo em vista a gravidade dos fatos narrados na exordial e a complexidade que os envolvem”.

Barros foi acusado ontem de improbidade administrativa pela contratação, sem licitação, da Global Gestão em Saúde, por quase R$ 20 milhões, em 2017. A empresa atrasou a entrega de medicamentos. O ex-ministro disse que cumpriu decisões judiciais ao determinar a compra.

“Os investidores não devem se preocupar muito com o futuro da democracia no Brasil.” MAIS AQUI

Comentários

  • Rumanettto -

    JUD@$$!ÁRIO MAÇONICO em ação nas duas pontas: o que mandou comprar de outros maçons e a que protegeu o 🐐⛏. A vergonha nunca acaba?

  • HM -

    RICARDO BARROS sempre foi LADRÃO VA.GABUNDO porém consguiu escapar das LAVA JATO,mas em Breve pegam esse pilantra e Comparsa do FELIZMENTE já Defunto o MArginal JOSÉ JANENE💩😈😆

  • Sonia -

    O cara é um picareta! Investigue a fundo e divulguem que patrocina ele é a esposa! Aliás,todas a gestões no governo do Paraná até o momento. Ratinho Jr tbm, viu?

Ler 3 comentários