ACESSE

Justiça ordena penhora de bens da ex de Wassef

Telegram

O TJ do Distrito Federal e dos Territórios ordenou uma penhora de bens na casa de Maria Cristina Boner Leo, a ex de Frederick Wassef, em Brasília, registra O Globo.

Wassef defendeu Flávio Bolsonaro até a semana passada e abrigou o ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz em uma casa em Atibaia. Quando Queiroz foi preso, o advogado estava na casa da ex no Lago Sul, que tem 2.000 metros quadrados construídos e três piscinas.

A penhora, informa o jornal carioca, será feita para quitar uma dívida de cerca de R$ 40 mil em uma das ações judiciais a respeito da partilha de bens entre Cristina e outro ex dela, Bruno Basso — os dois brigam por cerca de R$ 200 milhões na Justiça.

Um dos advogados que defendem Cristina na ação em que foi determinada a penhora é Paulo Emílio Catta Preta, hoje também advogado de Queiroz.

Leia mais: O caso Flávio Bolsonaro-Queiroz: até onde a investigação pode chegar? Clique para saber mais

Comentários

  • Alberto -

    Fofocas. Nada de interesse público. Se há riqueza sem lastro, é assunto da Receita Federal.

  • -

    Tudo junto e misturado!

  • Karmen -

    em um ano e meio contratos bilionários com este governo ..e n falam nada....deve ser pagamento pelo marido ter escondio queiros...inacreditavel...que justiça....funciona p pobre só..

Ler 12 comentários