ACESSE

Justiça ordena que Witzel mantenha hospital de campanha

Telegram

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ordenou que o governador Wilson Witzel e o secretário de Saúde, Alex Bousquet, mantenham o funcionamento do hospital de campanha de São Gonçalo.

Em sua decisão, a juíza Renata de Lima Machado Rocha, da 4ª Vara Cível de São Gonçalo, atendeu parcialmente aos pedidos da Defensoria Pública e do Ministério Público.

Para os órgãos, o governo do estado desrespeitou as decisões do Poder Judiciário ao prosseguir sua intenção de desativar a unidade, divulgando que o fechamento final ocorreria em 12 de agosto.

A magistrada ainda destacou que São Gonçalo é a segunda cidade do estado com o maior número de casos confirmados de Covid-19, atrás apenas do município do Rio.

Leia mais: Exclusivo: a imprensa livre na mira

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 7 comentários