Justiça quebra os sigilos bancário e fiscal de Sergio Gabrielli

Furo do repórter Marcelo Sperandio e de Felipe Patury, colunista da Época: Justiça do Rio de Janeiro autoriza a quebra dos sigilos bancário e fiscal, mais o arresto de bens, de José Sergio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras, de sete ex-diretores e ex-gerentes da estatal e da construtora Andrade Gutierrez. Motivo: um desvio de 32 milhões de reais em quatro contratos firmados entre a Petrobras e a empreiteira.
A água está chegando perto do nariz de gente graúda.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200