Justiça revoga prisão temporária de presidente do PROS

A Justiça Federal do Pará revogou mandado de prisão temporária, de 5 dias, contra o presidente do PROS, Euripedes Júnior, alegando não haver mais os elementos que a fundamentam, informa o G1.

Há duas semanas, ele foi alvo da Operação Partialis, que apura desvios na prefeitura de Marabá (PA).

Bolsonaro presidente: você precisa entender o que isso significa. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Julio disse:

    Não haviam mais elementos que fundamentam a prisão. Claro, acabou o dinheiro da prefeitura.

Ler comentários
  1. MOACIR disse:

    Pronto voçe esta livre para continuar roubando o dinheiro público, com o aval da justiça, euripedes junior aproveite bem sua liberdade, continue sua vida corrupto.

  2. disse:

    Esse deu um drible da vaca na justiça durante o período eleitoral.

  3. GILMAR disse:

    Combater a corrupção no Brasil, parece ser, dar murro em ponta de faca ,esse pobre judiciário, mostra que um presidiário, que falou que ele está totalmente acovardado, parece que ele tinha razão

  4. Julio disse:

    Como assim, “não há mais elementos” para justificar a prisão? Sumiram com o processo de investigação?

  5. Noely disse:

    Justiça nada , vergonha para estes majistrados pagos a peso de ouro, e são uns merdas.

  6. GILMAR disse:

    Um PRESIDIÁRIO, chamou esse pobre judiciário brasileiro de totalmente acovardado, aí está mais uma prova de que ele tinha razão, que vergonha.

  7. Assoite disse:

    Só restam 2 hipóteses: incompetência ou má-fé. Não é possível a Justiça voltar atrás dessa forma.