Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mais de 90% do faturamento de empresa de Kassab foi repassado pela JBS

Mais de 90% do faturamento de empresa de Kassab foi repassado pela JBS
Foto: Cesar Itiberê/PR

As quebras de sigilo bancário apresentadas em denúncia contra Gilberto Kassab mostram que a JBS bancou mais de 90% do faturamento de uma empresa de consultoria da qual o ex-prefeito e ex-ministro foi sócio, diz a Crusoé.

Kassab virou réu na última quinta-feira, 11, acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, caixa 2 e associação criminosa pelo suposto recebimento de 16,5 milhões de reais da JBS, entre os anos de 2014 e 2016. Desse total, segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público paulista, 13,5 milhões foram repassados ao político por meio da Yapê Assessoria e Consultoria, empresa da família Kassab. O restante foi por doação oficial ao PSD.”

Leia aqui a íntegra da nota (aberta para não assinantes). Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO