Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Kassab diz que crise entre Poderes é 'sem precedentes'

Presidente do PSD elogia atitude de Fux ao desmarcar reunião com Bolsonaro e afirma que o Brasil está próximo de uma 'situação que não tem reversibilidade'
Kassab diz que crise entre Poderes é sem precedentes
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Gilberto Kassab, presidente do PSD —um dos principais partidos do Centrão— disse à CNN na noite desta quinta-feira (5) que o embate de Jair Bolsonaro com o STF, que motivou uma resposta de Luiz Fux, é uma crise institucional sem precedentes no Brasil.

Em resposta aos ataques do presidente a seus colegas Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, o presidente do Supremo anunciou hoje a suspensão de uma reunião com os chefes dos três Poderes, incluindo Bolsonaro, que estava marcada desde julho.

“É uma crise sem precedentes. Nas últimas décadas, não tivemos em nenhum momento algo parecido”, declarou Kassab na entrevista.

“Seria impossível quase dois anos atrás, no início da pandemia, imaginar que neste momento o Brasil, ao invés de ter o seu governo discutindo a fome, discutindo emprego, discutindo a vacina, discutindo a educação… vem esse bate-boca com o Judiciário”, acrescentou.

O ex-prefeito de São Paulo também elogiou a atitude de Fux e seu discurso duro de reação a Bolsonaro, que vem atacando Barroso por causa do voto impressoderrotado hoje em comissão da Câmara— e Moraes por tê-lo incluído no inquérito das fake news.

“No momento em que, corretamente, o Poder Judiciário, através da sua mais alta autoridade, o presidente do STF, suspende a reunião que teria com o presidente da República por entender que ele não quer o diálogo, por entender que ele quer o enfrentamento, nós estamos chegando perto de uma situação que não tem reversibilidade. E isso será muito ruim para todos nós, brasileiros”, afirmou Kassab.

Mais notícias
TOPO