Kassab pede que STF arquive inquérito da mesada de R$ 300 mil

Gilberto Kassab, presidente do PSD, pediu ao ministro Alexandre de Moraes o arquivamento da investigação sobre as supostas propinas de R$ 58 milhões da JBS. O ex-ministro foi alvo de busca de apreensão e encontraram R$ 300 mil em seu apartamento em São Paulo.

Segundo a defesa,  o relatório da Polícia Federal “não chegou a nenhuma conclusão em relação aos pagamentos feitos às empresas da família Kassab e, portanto, não os vinculou à campanha de Gilberto Kassab”.

Como registramos no mês passado, a PGR pediu ao STF para enviar à Justiça Eleitoral o inquérito sobre Kassab.

Comentários

  • wanderlei -

    O ka$$ab tem muita proteção nas altas cortes, por que será?

  • Marga -

    Essa PGR também faça-me o favor, nunca encontra nada do PSDB. Não me admiro nada se em setembro próximo essa tal Dodge cair fora, afinal presta péssimo serviço ao país.

  • jc.pompeu -

    Um político profissional que guarda no ap essa quantia de "cascalho" é suspeito pelo fato em si. Seria insuspeito se Kassab fosse traficante, dono de bordel, agiota, contrabandista, doleiro...

Ler 16 comentários