Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Lamentamos a postura recorrente de Eduardo Bolsonaro"

Secretaria da Mulher da Câmara divulga nota sobre a postagem do filho do presidente em que deputada aparece com alvo no rosto
“Lamentamos a postura recorrente de Eduardo Bolsonaro”
Reprodução/redes sociais

A Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados divulgou uma nota na qual sai em defesa da deputada Dayane Pimentel (PSL), que se disse “amplamente ameaçada” por Eduardo Bolsonaro.

Como noticiamos mais cedo, o filho do presidente da República publicou uma foto em que ela aparece com um alvo no rosto. Na postagem, Eduardo chama a deputada de “traidora nível hard”, por ela ter participado, ontem, do ato pelo impeachment de Jair Bolsonaro na Avenida Paulista.

“Lamentamos a postura recorrente de Eduardo Bolsonaro por meio de atos de violência política de gênero em redes sociais, incompatíveis com o mandato parlamentar e por se constituírem em verdadeiro atentado à Constituição brasileira, visto que, apesar da liberdade de expressão se configurar entre as liberdades constitucionais asseguradas, entretanto, aquele que pratica crime contra a honra ou ameaça à vida, seja no mundo físico ou em ambiente virtual, deve estar ciente de que está sujeito à responsabilização penal, que poderá ser de detenção e/ou multa, dependendo do crime, sem prejuízo da responsabilização civil por meio de indenização por danos morais e materiais”, diz trecho da nota da Secretaria da Mulher, composta pela Coordenadoria dos Direitos da Mulher e pela Procuradoria da Mulher.

O texto continua:

“A Constituição Federal deixa claro que a liberdade de expressão serve para proteger a manifestação do pensamento, a atividade artística, intelectual, científica e todo o debate essencial para a construção de um Estado democrático, excluindo-se qualquer manifestação lesiva contra a vida e/ou honra de terceiros.”

Mais notícias
TOPO