“Lamento profundamente”, diz Cunha

Na coletiva que convocou para anunciar o acolhimento do pedido de impeachment, Eduardo Cunha disse lamentar o rumo que a crise tomou. “Lamento profundamente o que está ocorrendo. Não tenho nenhuma felicidade de praticar esse ato”, disse.

E mais:

“Sei que isso é um gesto delicado em um momento em que o país atravessa uma situação difícil, que a economia passa por uma crise e que o governo passa por muitas crises, de natureza política e de natureza econômica.”

Tudo balela. É ótimo para ele, que sairá do foco, e extraordinário para o país, que começará a ver a luz no fim do túnel.

Faça o primeiro comentário