Lava Jato ainda tenta prender herdeiro da OAS

A juíza Gabriela Hardt expediu mandado de prisão temporária contra o empresário César de Araújo Mata Pires Filho, herdeiro da OAS.

Segundo a Lava Jato, ele está ligado diretamente ao esquema de corrupção nas obras de construção da Torre Pituba, sede da Petrobras em Salvador, que rendeu ao PT ao menos R$ 68 milhões em propina.

“Foram colhidos elementos indicativos do envolvimento direto de César de Araújo Mata Pires Filho, então vice-presidente da empreiteira OAS, nas ilicitudes verificadas na construção da Torre Pituba, como restou evidenciado por sua atuação destacada na obtenção do aditivo contratual com a SPE Edificações Itaigara, que garantia não apenas maior volume de ganhos para a empreiteira, mas, de consequência, também o repasse ainda maior de recursos ilícitos ao Partido dos Trabalhadores, dirigentes da Petros e demais envolvidos”, escreve Hardt, em seu despacho.

Até agora, a PF cumpriu 22 mandados de prisão, sendo 14 de prisão temporária e 8 de prisão preventiva. Dois alvos estão fora do país.

Os generais acompanham as primeiras ações do futuro governo — e não aprovam tudo... LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 34 comentários
  1. Esse parece que tem o corpo fechado. Nada pega para ele puta que pariu! Deve ter uma ótima mãe de santo ou bons amigos nos tribunais principalmente no STF, STJ e TRFs. Prefiro ficar com a segunda op

  2. Só agora é que estão pegando novamente funcionários da Petrobrás e da Petros. É evidente que muito mais gente levou grana nessas paradas, não foram só aquela meia duzia já pega na Lava Jato.

  3. PT e muito roubo,tudo a ver! Não sei como pode ser permitido a este partido a prática de atividade político-partidaria,pois estamos claramente diante de um organização criminosa.Tem que ser extin

  4. O que mais me impressiona é que tem vagabundo na minha terra torcendo para que essa Lava-Jato fosse melada de forma geral e irrestrita, colocando velhos marginais para fora das grades. Triste.