Lava Jato ajuíza ação civil contra PSB, MDB e cinco políticos

A força-tarefa da Lava Jato e a Petrobras entraram com ação civil pública com pedido de responsabilização por atos de improbidade administrativa contra o PSB e o MDB, informa o G1 Paraná.

O pedido de responsabilização também envolve os senadores Valdir Raupp e Fernando Bezerra, o deputado federal Eduardo da Fonte e os espólios de Sérgio Guerra e Eduardo Campos, ambos falecidos.

Segundo o MPF, a ação cita o funcionamento de dois esquemas de desvios de verbas da estatal petroleira.

Um deles envolve contratos vinculados à Diretoria de Abastecimento, especialmente firmados com a construtora Queiroz Galvão. Outro refere-se a pagamento de propina envolvendo a CPI da Petrobras, em 2009.

A ação pede, entre outras medidas, pagamento de mais de R$ 3 bilhões, perda dos cargos e suspensão dos direitos políticos dos acusados.

Uma apuração minuciosa feita em Brasília revela as principais decisões de Paulo Guedes, o posto Ipiranga do futuro presidente, e sua equipe. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 19 comentários
  1. Duvido que dê em algo! Para o bem do Brasil, esse PSB, devia ser extinto! E o MDB, idem! A roubalheira foi grande! E o prejuízo ficou para o povo! Vide a situação da Arena PE. Sei não, só gângs