Lava Jato comemora decisão do STF

A força-tarefa da Lava Jato também se manifestou sobre a decisão do STF de manter a prisão de condenados em segunda instância:

“A existência de quatro instâncias de julgamento, peculiar ao Brasil, associada ao número excessivo de recursos que chegam a superar uma centena em alguns casos criminais, resulta em demora e prescrição, acarretando impunidade. Isso acontece especialmente nos casos de réus ricos ou influentes, que têm condições para arcar com os custos de infindáveis recursos.”