Lava Jato de Curitiba pede a Aras manutenção de estrutura por mais um ano

A força-tarefa da Lava Jato de Curitiba enviou um ofício à PGR pedindo a prorrogação de sua atual estrutura por mais um ano e apresentando um balanço dos resultados da operação até o momento, informa O Globo.

O documento, assinado por Deltan Dallagnol e pelos outros 13 procuradores que integram o grupo, defende que a força-tarefa seja mantida até o estabelecimento de uma transição para um novo modelo de grupos anticorrupção.

O pedido de prorrogação foi enviado nesta quarta (26) à PGR e aos subprocuradores-gerais da República que integram o Conselho Superior do MPF, órgão que também deverá analisar a solicitação.

A prorrogação –ou não– terá de ser definida até 9 de setembro, data em que termina o atual prazo da força-tarefa.

Em crise aberta com a Lava Jato, Augusto Aras tentou obter cópia dos bancos de dados das operações, mas foi barrado por uma decisão de Edson Fachin. Ele também chamou o grupo de Curitiba de “caixa de segredos”.

Leia mais: EXCLUSIVO: A PARTICIPAÇÃO DE BOLSONARO NA OPERAÇÃO EM FAVOR DA JBS
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO