Lava Jato descobriu “nova vertente” de corrupção na Petrobras

A Operação Sem Limites é resultado do aprofundamento das investigações decorrentes da 44ª fase. Segundo o MPF, trata-se de uma “nova vertente de apuração em franca expansão”.
Como dissemos antes, a investigação mira num primeiro momento as empresas Trafigura, Glencore e Vitol, ‘trading companies’ que comercializam de “modo maciço e recorrente” com a Petrobras no mercado internacional.
Só a Trafigura, entre 2004 e 2015, realizou cerca de 966 operações comerciais com a Petrobras, as quais totalizaram o valor de aproximado de US$ 8,7 bilhões.
Para a procuradora da República Jerusa Burmann Viecili, integrante da força-tarefa Lava Jato, “as operações da área comercial da Petrobras no mercado internacional constituem um ambiente propício para o surgimento e pulverização de esquemas de corrupção, já que o volume negociado é muito grande e poucos centavos a mais, nas negociações diárias, podem render milhões de dólares ao final do mês em propina”.
O procurador da República Athayde Ribeiro Costa também ressalta que “trata-se de esquema criminoso  praticado ao longo de anos, com envolvimento de empresas gigantes de atuação internacional, parte delas com faturamento maior que o da própria Petrobras”.
O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Prepare-se para combater esse “velho Brasil”. AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 60 comentários
  1. Só a Petrobras são bilhões e bilhões. Imaginem se somar esses valores, mais tudo o que já foi apurado? E nem falamos de todas as estatais do Brasil, não só as federais. E vamos puxar por 40-50

  2. E o q dizer agora da propaganda da Petrobrás q informa ao publico da limpeza ocorrida em seus diversos setores, pura enganação, as maracutaias continuam imperando c/esquerdistas ainda na empresa.

  3. Por essa e outras é que se deve privatizar a Petrobras. São muitos funcionarios, ociosos e com a cabeça fresca para bolarem esquemas dessa magnitude. Se fosse privada já teriam descoberto..

  4. é aquela história do cara roubar centavos de várias contas bancárias, pra quem perde quase não nota mas rende um Dinheirão pra quem faz, essa GLENCORE fazia negócios com a falida AGRENCO.

  5. Só temos que dar os parabéns à caça aos porcos, imundos e corruptos que tomaram o Brasil de assalto. Falta exterminar partidos políticos e seus integranTes aliados com a ORCRIM.

  6. Já experimentaram “cavucar” em estatais de geração de energia e principalmente o ninho de milhares de funcionários que mal batem ponto , a famosa CHESF ?? “cavuquem” que irão encontrar

  7. PRIVATIZA ESSA ESTATAL ESTRATÉGICA PATRIMÔNIO DOS CORRUPTOS… Bolsonaro é um canalha mil vezes em querer manter esse templo da corrupção na mão do estado sabendo que vai continuar a ser roubado

  8. A investigação q envolve empresas multinacionais fica muito mais fácil de ser elucidada, principalmente se envolverem empresas que atuam nos EUA. As leis de lá e a justiça são muito mais sérias

  9. Moro só puxou o fio da meada d 1 iceberg tem trabalho p seus bisnetos desbaratar máfias religiosas qll atuam em td máq pública d comarca até brasolia. Falta bndes ministérios estatais autqias et

  10. E mesmo assim tem gente (gente ???) que é contra a privatização de tudo quanto é covil de roubalheira e criação de cargos para poleiros de “chegados”. Privatização de tudo. fim de papo.