“A Lava Jato é a Diretas Já do novo Brasil”

“A Lava Jato é a Diretas Já do novo Brasil.”

É a frase do ano, pronunciada pelo desembargador André Fontes, presidente do TRF-2, que cuida dos processos da Lava Jato do Rio de Janeiro.

Entrevistado pelo Estado de S. Paulo, ele disse:

“Eu acredito fielmente que a Lava Jato é uma oportunidade de mudança – como outros atos na história do Brasil também o foram. É a referência que eu não tive nas instituições, na minha infância, e que só foram surgir quando eu vi as Diretas Já. A Lava Jato é a Diretas Já do novo Brasil. É o fim da ditadura da corrupção e da impunidade.”

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 41 comentários
  1. As Diretas Já originais foram a maior DESGRAÇA – depois do golpe republicano – que se abateu sobre o Brasil. Foi um festival de charlatanismo político pra instaurar a reinante cleptocracia. E esse judiciário faz parte da imoralidade reinante. Os militares atraiçoaram o povo quando derrubaram a família real e foram atraiçoados pelos terroristas que eles perseguiram. Triste nação…

  2. Diretas Já? Esse movimento provou-se o maior engodo dos últimos 30 anos, pois tornou o país refém de eleitores analfabetos que se vendem a corruptos por esmolas. Não passou de uma estratégia para eternizar esses dinossauros esquerdistas que temos que aguentar no poder até hoje. Se a Lava Jato é uma espécie de Diretas Já, então não há MESMO esperança para este país.

  3. A Lava Jato é o fim do povo na rua e o início do povo no teclado!!!
    A revolução digital das redes sociais é irreversível… só não enxerga que não quer!!!
    Impressionante a cegueira geral dos lideranças empedernidas e da mídia aliciada e seus institutos de pesquisa fajutos!!!

  4. “Diretas Já”, assim como todas as manifestações em que o povo é envolvido no Brasil, foi feita para ILUSÃO DE DEMOCRACIA, e a escória esquerdista sempre soube se aproveitar disso. No fim das contas, é sempre como ELES querem.

  5. Não sei não, os tempos mudaram, a sociedade mudou muito desde a época do movimento das diretas. Não consigo perceber o desejo de mudança, o entusiasmo e a união em torno de um propósito. Hoje é cada um puxando a propina pro seu apartamento ou pra sua mala, as bestas feras traidoras ainda não tinham tido oportunidade de mostrar a sua cara nojenta de ladrões, não existia esse nós contra eles. Os alienados e merd@ n’água já existiam, sempre existiram desde do início dos tempos, mas tínhamos mais idealismo, ideologia é muito mais coragem. Nossa educação e cultura ainda não eram esse lixo que está aí, nossos valores não estavam tão invertidos, a criminalidade de caneta ou de fuzil ainda não tinha tomado o país de assalto. Em muito pouco tempo o país foi destruído. Roubo sempre houve, mas o povo ainda não tinha sido contaminado como hoje. Oxalá eu esteja errado e consigamos dar mais uma virada e voltar a ter esperança de dias melhores.

  6. Se a ORCRIM do STF deixar. Como diz a lei, uma organização criminosa é formada por quatro ou mais indivíduos com os mesmos propósitos criminosos. Então: Gilmar Mendes (o chefe), Lewandowski (o revisor), Dias Tóffoli (o sindicalista) e Marco Aurélio (o collorido) formam a base, mas tem mais gente candidatando-se a entrar na patota, como a ministra Carmen Lúcia, que aderiu à tese dos criminosos para salvar Aécio Neves. Vai que gosta do crime…

  7. Pütz… se com as diretas já perdemos uma “ditadura” e ganhamos um socialismo (sem se esquecer que Lula, sarney, Lindbergh, Aécio Neves, estavam lá nessa “linda” transformação mediada pela Red Globo)… imaginem o que virá após lava-jato… imagino que saia socialismo, entre comunismo, e os agentes de “mudança” sejam ACM neto, doria, Alckmin e todos os outros “social democratas” brasileiros. Assim como é na “democracia” Norte coreana, cubana e venezuelana! Por favor… volta ditadura!!!

    1. Na verdade foi no episódio Collor.
      Mas “Diretas Já”, capitaneada por um time de comunistas… Só poderia mesmo ser uma armadilha.
      33 anos vivendo em uma armadilha mentirosa.
      Assim seguem os bois e vacas brasileiros, comendo o capim no pasto cheio de estrume, seguindo para o abatedouro e achando tudo uma delícia.

  8. O fim da ditadura da corrupção nao conseguiu deixar o Nuzman enjaulado por sequer duas miseras semanas. Já deve estar em casa cumprindo aquele rigorosissimo modelo de “prisao domiciliar”.

  9. Então estamos ferrados mesmo, já que foi justamente o engodo das “Diretas Já”, que foi a semente da ORCRIM e que jogou o país na mer-da.
    Mer.da devidamente regada e garantida à cada 2 anos por eleições fraudades eletronicamente.
    Tudo isto sob as vistas do povo alienado e covarde.

  10. Diretas Já? Vejam onde esta uma grande parte da turminha que chorava por democracia. Quem nao esta na cadeia, ou ja passou por ela ou ainda tem processos nas costas. Diretas Ja foi um movimento artificial criado pela esquerdalha e que, se fosse nos tempos das redes sociais, ja tinha sido desmascarada faz tempo.

    1. É? Quem garante que esta intervenção não seja justamente para ceifar as prerrogativas do judiciário, MP e PF, para que os culpados não sejam mais importunado?

  11. “A Lava Jato é a Diretas Já do novo Brasil”
    .
    .
    Essa visão não é bando STF e Congresso em que a lava jato é vista como abuso de autoridade e atentado ao Estado de Direito.

  12. Ótima frase. Vamos adotar o slogan. Colocar nos carros, todos os lugares de visibilidade! Todo movimento começa pequeno e cresce a medida que as pessoas vão tomando consciência da sua importância. Passou da hora da sociedade reagir a bandidagem.