ACESSE

Lava Jato faz nova denúncia contra Walter Faria por lavagem de R$ 1 bilhão

Telegram

A força-tarefa de Curitiba apresentou hoje nova denúncia contra Walter Faria, dono do grupo Petrópolis. Desta vez, foi acusado de lavar R$ 1,1 bilhão para a Odebrecht entre 2006 e 2014.

Anteontem, o TRF-4 soltou o empresário por considerar que ele não era uma peça central no esquema internacional da construtora para esconder o pagamento de propinas.

Em setembro, a Lava Jato denunciou Walter Faria pela primeira vez por lavagem de US$ 3,6 milhões em contas secretas na Suíça — o dinheiro serviria para pagar propinas a ex-diretores num contrato da sonda Petrobras 10.000.

Segundo as investigações, o grupo Petrópolis recebia dólares da Odebrecht em contas de offshores em paraísos fiscais para disponibilizar valores em reais à construtora no Brasil.

Parte do dinheiro era repassada diretamente a políticos e parte doada a campanhas por empresas ligadas à cervejaria, como a Praiamar e a Leyroz Caxias.

Em troca do favor, o grupo Petrópolis recebia descontos para ampliar fábricas, compra de ações e investimentos da Odebrecht.

Arte: O Antagonista

A insurreição contra a tentativa no STF de parar a Lava Jato. Mais aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários