Lava Jato fecha acordo de leniência com trader de petróleo

Lava Jato fecha acordo de leniência com trader de petróleo
Divulgação/Petrobras

A Lava Jato no Paraná assinou acordo de leniência com a trader de petróleo holandesa Vitol, que pagará R$ 220 milhões à Petrobras.

A empresa confessou pagamento de propina a funcionários da estatal em troca de informações confidenciais que lhe deram vantagem em licitações para compra e venda de combustíveis.

Ela prometeu entregar provas ao Ministério Público Federal que identifiquem os funcionários corruptos e outras empresas que também corrompiam.

Uma auditoria interna encontrou 70 comprovantes de pagamento a doleiros, que disponibilizavam dinheiro em espécie no Brasil para o repasse das propinas.

É o 17º acordo de leniência fechado pela Lava Jato no Paraná. No total, acordos com empresas e réus colaboradores já garantiram a devolução de R$ 14,6 bilhões.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
TOPO