LAVA JATO NÃO PAROU PALOCCI

A Lava Jato verificou também que, mesmo após a deflagração da Operação Lava Jato, “continuaram a ocorrer comunicações e encontros entre executivos da Odebrecht e Antônio Palocci, até, pelo menos, maio de 2015”.

“Neste período final, as comunicações passaram a ser realizadas de forma mais cautelosa, por meio da utilização de dispositivos criptografados.”

Faça o primeiro comentário