“Lava Jato não será o fim da Odebrecht”

Luciano Nitrini Guidolin assumiu a presidência da Odebrecht em maio.

Na sexta-feira, ele disse, segundo o Estadão, que a corrupção não se espalhou por todo o grupo e que tomou todas as medidas para garantir que tais ações nunca mais aconteçam.

“A Lava Jato não foi o fim e esse não será o fim da Odebrecht. Nós cresceremos, de uma base menor do que a que tivemos, mas uma mais sólida.”

Só no Brasil, literalmente. Outros países não querem saber de Odebrecht, símbolo incancelávelde corrupção.