Lava Jato pede aos EUA oitiva com VP de Cisneros

A pedido da defesa de José Dirceu, o juiz Sérgio Moro solicitou assistência jurídica dos EUA para que seja ouvido na condição de testemunha de defesa o empresário Carlos Bardasano, VP do grupo Cisneros.

Dirceu teria sido contratado para convencer Hugo Chávez a renovar a concessão da Venevisión, maior canal de TV do país e acusado de apoiar o golpe de 2002.

A defesa de Dirceu enviou a pergunta:

– O que o levou a contratar os serviços de consultoria do ex-ministro José Dirceu de Oliveira e Silva? Que serviços de fato ele prestou ao senhor ou a uma de suas empresas? Qual o resultado da consultoria prestada pela empresa JD Assessoria e Consultoria?

Já o MPF quer saber o seguinte:

– José Dirceu de Oliveira e Silva representava quais empresas? Entre elas estava a Engevix? Se sim, José Dirceu de Oliveira e Silva estava acompanhado de algum representante dessa empresa? E no que tange às demais pessoas jurídicas? Ele participou, de qualquer modo, para que as contratações das empresas representadas se efetivassem?

O Antagonista pergunta:

– Quanto o grupo Cisneros pagou para que Chavez renovasse a concessão de um canal que tentou derrubá-lo? Qual foi a comissão de Dirceu? E qual o preço da ideologia?

Faça o primeiro comentário