Lava Jato terá novo apoio de Anselmo e Luciano Flores

O Antagonista destaca informações importantes da nota da Polícia Federal sobre o fim do grupo de trabalho da Lava Jato:

A PF diz que foi firmado “apoio de policiais da Superintendência do Espírito Santo, incluindo os delegados Márcio Anselmo e Luciano Flores, ex-integrantes da Operação Lava Jato”.

E que o número de policiais dedicados às investigações chega a 70.

Como revelamos, a iniciativa de desmobilizar a força-tarefa foi do delegado Igor Romário e corroborada pelo superintendente regional Rosalvo Franco.

“O modelo é o mesmo adotado nas demais superintendências da PF com resultados altamente satisfatórios, como são exemplos as operações oriundas da Lava Jato deflagradas pelas unidades do Rio de Janeiro, Distrito Federal e São Paulo.”