Lava Jato teve acesso à nuvem de Lula

Ao acessar o serviço de armazenamento em nuvem do Instituto Lula, a PF identificou mensagens eletrônicas, redes sociais, agenda, blogs criados com o endereço eletrônico do IL, contatos, troca de mensagens e vídeos.

A PF já liberou ao Instituto Lula uma senha provisória para que retomem a administração do sistema.