A Lava Jato vale ouro

A procuradora da República Fabiana Schneider, da Lava Jato no Rio, foi precisa quanto a Carlos Arthur Nuzman:

“Enquanto os medalhistas olímpicos buscam a sua tão sonhada medalha de ouro, dirigentes do Comitê Olímpico guardavam o seu ouro na Suíça.”

A Lava Jato vale ouro em todos os sentidos.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ela não foi precisa coisa nenhuma. Ela foi demagógica. Isso é comentário típico de quem extrapola a sua função. Virou moda este tipo de frase de efeito justamente porque é facilmente reproduzida e dá ares de heroísmo ao exercício de função pública que deveria primar pela discrição. Deixe para gente como o casal platitude que apresenta o Bom Dia Brasil, o Datena e outros. Mande prender e pronto!

  2. Ler mais 9 comentários
    1. Ela não foi precisa coisa nenhuma. Ela foi demagógica. Isso é comentário típico de quem extrapola a sua função. Virou moda este tipo de frase de efeito justamente porque é facilmente reproduzida e dá ares de heroísmo ao exercício de função pública que deveria primar pela discrição. Deixe para gente como o casal platitude que apresenta o Bom Dia Brasil, o Datena e outros. Mande prender e pronto!

    2. PROCURADORA FABIANA,MUITO OBRIGADO-POR SUA JUSTIÇA ÉTICA—AGORA O QUE ATRAPALHA O SEU JUSTO SERVIÇO É O STF DA ORCRIM–ELES SOLTAM OS BANDIDOS–

    3. Que ele tem e guarda o ouro já se sabe. Resta saber agora de onde EXATAMENTE ele veio.
      Lula, Cabral, Paes e Nuzman e adjacentes!…
      E pensar que os cariocas foram festejar o aniversário da bem-sucedida Olimpíada!!!!!