Lei de Abuso de Autoridade é "estatuto do criminoso", diz procurador

O procurador da República Ailton Benedito foi ao Twitter e publicou algumas mensagens com críticas à Lei de Abuso de Autoridade, aprovada pela Câmara na semana passada.

Segundo o procurador, o texto aprovado pelos deputados “pode ser corretamente chamado de estatuto do criminoso”, pois “viola princípios básicos e caros ao Direito Penal, os quais consubstanciam garantias protetivas a todos os cidadãos”.

“Mas os falsos garantistas brasileiros estão bem caladinhos”, tuitou Benedito.

Bia Kicis: a deputada mais próxima de Bolsonaro e amiga de Olavo. SAIBA TUDO

Comentários

  • Ryu -

    Não foram denunciar na ONU ainda porque?

  • jaime -

    Ótima e apropriada definição! É exatamente isso!

  • Candinha -

    Por essas e outras é que esse procurador deveria estar na lista para a PGR. Precisamos de gente com coragem.

Ler 25 comentários