“Lei feita por bêbados”

Há pouco, durante sessão do STF, Gilmar Mendes atacou a Lei da Ficha Limpa:

“Sem querer ofender ninguém, já ofendendo, essa lei foi tão mal feita que parece que foi feita por bêbados.”

O ministro, registra a Folha, fez essa declaração enquanto comentava a decisão da corte, tomada na semana passada, de dar aos vereadores a última palavra sobre a análise das contas de prefeitos. A sentença enfraquece e muito a Lei da Ficha Limpa.

Gilmar Mendes foi um dos ministros que entenderam que a competência para julgar as contas de prefeitos é das câmaras de vereadores, e não dos tribunais de contas: a votação terminou em 6 a 5.

Quem dera houvesse mais bêbados desse tipo no Brasil.