Lei? Que lei?

Lula iniciará em abril uma campanha eleitoral antecipada – o que, óbvio, é proibido – para voltar a ser presidente em 2018.

Rui Falcão tenta disfarçar a intenção encaixando um “se necessário” no discurso, mas, ao adiantar o slogan (“Brasil urgente, Lula presidente”), não convence ninguém e já infringe a lei, que não permite ao candidato sequer citar o cargo cobiçado.

Não será estranho se Lula passar a apoiar a cassação de Dilma via TSE, convocando-se, assim, novas eleições já em 2016.

Vale tudo para tentar escapar da prisão.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Rui Falcão manda recado a Aécio Neves

Recado de Rui Falcão para Aécio Neves: "Quem precisa de serenidade são os tucanos, que querem ganhar a eleição no tapetão. Menos, senador…".

Publicado por Partido dos Trabalhadores em Sábado, 5 de março de 2016