Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Leia o que senadores do Podemos pensam sobre possível decisão de Moro

Ex-juiz da Lava Jato chega hoje ao Brasil para uma nova rodada de conversas políticas que poderão ser decisivas para o seu futuro
Leia o que senadores do Podemos pensam sobre possível decisão de Moro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Como este site antecipou, Sergio Moro, que está morando nos Estados Unidos, chega hoje ao Brasil para, além de visitas familiares, uma nova rodada de conversas políticas que poderão levá-lo a decidir sobre eventual candidatura em 2022.

O Antagonista conversou na manhã de hoje, em reservado, com seis dos nove senadores do Podemos, partido ao qual o ex-juiz da Lava Jato prometeu se filiar, caso opte pela vida partidária.

Embora haja uma torcida para que Moro abrace o projeto presidencial, parte dos senadores reconhece, nos bastidores, que já estiveram mais animados com essa possibilidade.

Se decidir por não tentar chegar ao Planalto, Moro poderá optar por concorrer ao Senado, (como também antecipamos) a uma vaga na Câmara ou mesmo ao governo do Paraná. No próximo fim de semana, o ex-juiz se reunirá com a cúpula do Podemos e a expectativa é a de que alguma decisão seja tomada.

“A verdade é que ninguém sabe nada sobre o que ele vai decidir. Vamos esperar a reunião dos próximos dias. Ele tem mostrado interesse pela vida política, está acompanhando tudo o que está acontecendo no Brasil. Eu estou com a desconfiança de que ele vai ter a preferência pelo Senado, mas é minha percepção pessoal. A definição, esperamos, será conhecida até a semana que vem”, disse um senador.

“Sinto que ele está em dúvida se tenta ser presidente ou se vai para o governo ou o Senado. Os familiares, a mulher, parece, não querem que ele tente a Presidência. Foi em razão disso que o Podemos sugeriu alternativas. Acho que ele vai acabar se filiando, mas, para presidente, sinceramente, agora já acho menos possível. Percebo um pouco de desânimo”, afirmou outro senador.

Outros dois senadores fazem leitura semelhante do cenário, mas preferem ainda acreditar que Moro será o nome do partido ao Planalto.

“Eu tenho essa esperança ainda. Gosto muito dele, admiro muito o que ele fez, a coragem que ele teve. Mas sei que, para onde ele for dentro da política, a gente vai ganhar, o partido vai ganhar. Eu torço para que ele opte pela Presidência, porque, caso contrário, a gente vai ficar órfão. Eu mesmo não apoio mais ninguém além dele ou do próprio Alvaro Dias”, disse um senador.

“Vamos esperar, vamos deixar que ele decida. Estou torcendo para que ele tope disputar a Presidência. Espero que ele seja reanimado para isso, porque ele precisa terminar o que começou, em outro âmbito. O Brasil precisa disso”, afirmou outro.

Um outro senador do Podemos disse que sente Moro “arrependido” por ter largado a magistratura para virar ministro da Justiça e da Segurança Pública do governo de Jair Bolsonaro — Moro acabou saindo da pasta, ao denunciar a tentativa do presidente de interferir na Polícia Federal.

“Ele tem, sim, um arrependimento fortíssimo por conta disso. Acho que hoje ele admitiria que foi um erro. Sem esse erro, hoje o Moro estaria em uma posição privilegiada para ser a tal Terceira Via. Para mim, ele não vai ser candidato ao Planalto. Deve tentar Senado, governo ou mesmo deputado, e vai ganhar com facilidade.”

Para um outro senador, Moro poderá ter um pouco mais de tempo para decidir.

“Tem muita gente querendo que ele decida agora nesta vinda ao Brasil, mas calma, não sei por que ele tem que decidir agora. Eleição no Brasil é decidida mais para frente.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO