Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Leite, em indireta para Doria: "Eu não fui atrás do Bolsonaro para tirar foto"

O apoio dos dois governadores ao então candidato a presidente no segundo turno de 2018 virou um dos temas centrais do debate de hoje
Leite, em indireta para Doria: “Eu não fui atrás do Bolsonaro para tirar foto”
Reprodução/Youtube/Jornal O Globo

As declarações de votos de João Doria e Eduardo Leite no então candidato Jair Bolsonaro no segundo turno de 2018 se tornaram um dos temas centrais do debate entre os presidenciáveis do PSDB organizado pelo Grupo Globo (foto).

Como registramos, o governador do Rio Grande do Sul justificou dizendo que “o outro caminho era o PT”.

Em outro momento do debate, Leite foi perguntado, de novo, se considerava um erro o voto em Bolsonaro e se votaria, então, em Fernando Haddad.

Ele respondeu:

“Naquelas condições, naquele contexto, naquele plebiscito, que é uma eleição de segundo turno, entre um projeto político que já tinha sido desastroso para o Brasil, de eliminação de empregos, de recessão econômica, e um outro que eu tinha muitas críticas, que eu fiz no processo eleitoral…”

E mais:

“Eu não aderi, eu não abracei o candidato Jair Bolsonaro, eu não fui atrás dele para tirar foto, eu não tentei associar a minha campanha à dele. Fiz as minhas críticas, mostrei as minhas diferenças. Mesmo assim, nós não sabíamos que viria uma pandemia, em que a falta de humanidade, de sensibilidade custaria tantas vidas como estão custando, inclusive economicamente, aí está o erro. Mas era imprevisível o que viria pela frente. A gente sabia o passado de cada um deles.”

Leite, claro, fez uma provocação ao seu principal adversário nas prévias, Doria, que, em 2018, tirou fotos com Bolsonaro e associou sua campanha à do então candidato a presidente. O governador de São Paulo afirmou, nesse mesmo debate de há pouco, que errou e que faz a autocrítica.

O Bolsodoria é inesquecível.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO