Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Leite pede conclusão das prévias do PSDB em 48 horas

Em nota conjunta com ex-presidentes da sigla, governador gaúcho diz que adiamento maior, como querem Doria e Virgílio, faria votação perder 'integralidade'
Leite pede conclusão das prévias do PSDB em 48 horas
Reprodução/Youtube/Jornal O Globo

Em nota divulgada à imprensa e em entrevista coletiva na noite deste domingo (21), Eduardo Leite (foto) defendeu a retomada das prévias do PSDB em 48 horas.

A votação interna para a escolha do nome da sigla que disputará a Presidência em 2022 foi suspensa neste domingo (21) por problemas com o aplicativo, e os candidatos discordam da data para a continuação das prévias —em nota, João Doria e Arthur Virgílio defenderam fazê-la no próximo domingo, 28.

Em sua nota, intitulada “Em respeito ao processo eleitoral e ao voto dos filiados”, o governador gaúcho alega que “seria um contrassenso termos feito tudo para garantir a segurança da votação, como reduzir o prazo para apenas domingo, e agora querer alongar o tempo em uma semana, aumentando os riscos antes minimizados”.

No texto, assinado em conjunto com quatro ex-presidentes do PSDB que o apoiam (Tasso Jereissati, José Aníbal, Pimenta da Veiga e Teotônio Vilela Filho), Leite diz ainda que o prazo deve ser estendido em 48 horas “desde que garantida a capacidade técnica para votação de todos os cadastrados que assim desejarem”.

“Com mais do que isso, as prévias perderiam sua integralidade”, acrescenta o governador gaúcho, citando o risco de “judicializações”.

Na coletiva, Leite também negou que a sede da Faurgs, desenvolvedora do aplicativo, fique em Pelotas, sua base eleitoral no Rio Grande do Sul.

Clique na imagem abaixo para ler a íntegra da nota de Eduardo Leite.

Nota Eduardo Leite previas do PSDB

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO