Leniência: a safadeza é ainda maior

No dia 24, publicamos o seguinte post sobre o acordo de leniência que está sendo negociado entre o governo e a holandesa SBM:

O governo do PT age contra os interesses do Brasil. Abertamente, o que é ainda mais espantoso e intolerável.

O Antagonista confirmou uma notícia publicada pela Folha: a holandesa SBM que, pelos parâmetros da Lava Jato, deveria desembolsar pelo menos 4 bilhōes de reais de indenização, pagará somente cerca de 1 bilhão de reais, no acordo de leniência a ser firmado com a CGU.

É muito menos do que a SBM superfaturou em contratos com a Petrobras — 1,7 bilhão de reais, segundo o TCU.

É um acordo safado com uma empresa safada feito por um governo safado. Imaginem o “descontinho” que será dado à Odebrecht e assemelhadas.

Esses acordos de leniência não podem passar.

Hoje, O Antagonista descobriu que a safadeza é ainda maior.

Na verdade, a SMB desembolsaria apenas 500 milhões de reais — os outros 500 milhões seriam na forma de “descontos” em futuros contratos com o governo.

Os brasileiros vão recompensar o roubo da SBM, a empresa que doou 300 mil dólares na Suíça para a campanha de Dilma Rousseff, em 2010.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200