Léo Índio ganha cargo na diretoria do Senado

Léo Índio ganha cargo na diretoria do Senado
Foto: Reprodução/Instagram

Léo Índio, sobrinho de Jair Bolsonaro, ganhou novo cargo comissionado no Senado: a partir de hoje, vai trabalhar na Diretoria-Geral da Casa.

Até outubro, ele trabalhava para Chico Rodrigues (DEM-RR), mas deixou o gabinete depois que o senador foi flagrado com dinheiro entre as nádegas.

No mês passado, foi abrigado na Primeira Secretaria, comandada por Sérgio Petecão (PSD-AC). Na ocasião, o senador Carlos Viana admitiu que ele havia indicado Léo Índio para o cargo.

O ato de nomeação foi assinado por Ilana Trombka, aquela que vai gastar R$ 200 mil do Senado num doutorado na FGV. O salário de Léo Índio continuará o mesmo: R$ 21,4 mil.

Leia mais: Confira um resumo das principais matérias da edição passada e entenda por que você não pode ficar de fora das próximas.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 116 comentários
TOPO