ACESSE

Lewandowski absolve Geddel e Lúcio Vieira Lima por associação criminosa

Telegram

Ricardo Lewandowski abriu divergência no julgamento de Geddel e Lúcio Vieira Lima e votou pela absolvição dos irmãos na acusação de associação criminosa.

O ministro acompanhou Edson Fachin e Celso de Mello — formando maioria na Segunda Turma — pela condenação deles por lavagem de dinheiro, em razão dos R$ 51 milhões encontrados num apartamento em Salvador.

Lewandowski entendeu que, como são parentes, Geddel, Lúcio e a mãe deles, Marluce, se associaram não com o propósito de cometer atos ilícitos, mas para negócios.

Ainda faltam os votos de Gilmar Mendes e Cármen Lúcia. Só depois deles, a pena será definida.

GILMAR MENDES, O DONO DO SUPREMO. Leia aqui

Comentários

  • Marcelo -

    Lewan está explicando que a constituição prevê pena para quadrilha de ladrões, e não para família de ladrões.

  • Maria -

    Negócios??????Meu Deus salve o Brasil das mãos desses ladrões.

  • Maria -

    Patético! não seria caso de senilidade? isso é desculpa, não é argumento!!! Socorro!

Ler 138 comentários