Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lewandowski mantém quebras de sigilo de Pazuello e 'Capitã Cloroquina'

Para o ministro do STF, a quebra de sigilo “guarda plena pertinência com o escopo da investigação”
Lewandowski mantém quebras de sigilo de Pazuello e Capitã Cloroquina
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro Ricardo Lewandowski negou os pedidos de liminar apresentados pelas defesas do ex-ministro Eduardo Pazuello e da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Mayra Pinheiro — a “Capitã Cloroquina”– para impedir que a CPI da Covid quebre seus sigilos telefônico e telemático.

Para Lewandowski, a quebra de sigilo “guarda plena pertinência com o escopo da investigação”.

Quanto às informações que digam respeito à investigação”, diz o ministro,“estas deverão ser acessadas apenas por senadores da República, integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito, e pela própria impetrante [Mayra Pinheiro] e seus advogados, só podendo vir a público, se for o caso, por ocasião do encerramento dos trabalhos, no bojo do relatório final.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO