ACESSE

Lewandowski quer decidir logo anulações na Lava Jato

Telegram

Ricardo Lewandowski avisou que, se o plenário do STF “demorar muito” para analisar o caso da anulação de uma sentença da Lava Jato, ele poderá “decidir sim ou não”, individualmente, sobre pedidos semelhantes, registra a Folha.

Em agosto, a Primeira Turma do Supremo anulou a condenação de Aldemir Bendine por corrupção e lavagem de dinheiro em ação ligada à Lava Jato –foi a primeira vez que o Supremo anulou uma decisão de Sergio Moro.

Desde essa decisão, Lewandowski recebeu pelo menos quatro pedidos para que condenações sejam canceladas seguindo a mesma lógica –com os réus expondo suas defesas por último, depois dos delatores.

Relator da Lava Jato no STF e integrante da Primeira Turma, Edson Fachin submeteu o caso ao plenário, que ainda não marcou data para o julgamento.

“Se o Supremo, pelo seu plenário, estiver na iminência de examinar essa questão, não há por que eu me antecipar. Há várias questões, mas vai depender do meu convencimento. Se demorar muito, eu vou decidir sim ou não”, declarou Lewandowski.

Outubro: o desmonte do Brasil que a Lava Jato tentou construir? Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 168 comentários