Lewandowski quer ouvir Zanin

Antes de iniciar o julgamento do habeas corpus de Lula, os ministros da Segunda Turma discutem se Cristiano Zanin terá direito a fazer sustentação oral no plenário.

Em regra, advogados não podem se manifestar quando o colegiado analisa um recurso contra uma decisão tomada individualmente por um dos ministros.

Ricardo Lewandowski foi o primeiro a defender o pronunciamento do advogado de Lula.

“Vivemos dias difíceis do ponto de vista da democracia e do estado de direito”, justificou.

Comentários

  • Polistyca -

    PT = desgraçad0.

  • Arlindo -

    Por falar em passado lewy, você não comia Dna Marisa como todo mundo fala, né? Acho que não, o Lula extrairia seus seus documentos

  • Arlindo -

    Dias mais que difíceis. São dias tão estranhos quanto seu passado

Ler 72 comentários