Lewandowski rejeita ação da Globo contra censura no caso da rachadinha

Ricardo Lewandowski negou seguimento a uma ação da Globo no STF para derrubar a censura imposta pela Justiça do Rio de Janeiro que, a pedido de Flávio Bolsonaro, proibiu a emissora de publicar documentos relacionados à investigação sobre o esquema de rachadinha.

O ministro apontou razões processuais: considerou que o caso deve ser discutido no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, onde há recurso da empresa contra a decisão, proferida na primeira instância.

“A análise da questão relativa ao cerceamento da liberdade de expressão e ao direito de prestar informações que teria sido imposto à reclamante pelo do Juízo de primeiro grau ainda não se realizou no TJRJ, em favor do qual deve militar a presunção de que decidirá de acordo com a legislação aplicável e com respeito à jurisprudência dominante”, afirmou na decisão.

A defesa de Flávio pediu à Justiça que a Globo fosse impedida de divulgar documentos do caso sob alegação de que a investigação tramita sob sigilo.

A emissora afirmou que foi o único veículo alvo da censura, apontou violação à liberdade de imprensa e ao direito de informação do público.

Leia mais: Rachadinha Queiroz-Flávio Bolsonaro: confira as revelações sobre o caso
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 99 comentários
TOPO