Líder de prefeitos defende distribuição de vacinas apenas pelo programa nacional

Líder de prefeitos defende distribuição de vacinas apenas pelo programa nacional
Reprodução/TV Senado/YouTube

O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, defendeu nesta segunda (12) a distribuição de todas as vacinas contra Covid pelo Programa Nacional de Imunização, em vez de diretamente pelos governos estaduais ou prefeituras.

“Nossa posição continua sendo a de que nenhum brasileiro, estado ou município é melhor do que o outro”, disse, em audiência na Comissão Temporária da Covid-19 do Senado. 

“Nosso pacto federativo não pode ser quebrado. Assim, entendemos que o ideal é que todas as vacinas devam ser disponibilizadas pelo PNI. Afim de que as regiões mais necessitadas não sejam ainda mais prejudicadas”.

Não acreditamos em compras individualizadas, pois não existe oferta consistente de vacinas no mercado para aquisição direta”, acrescentou.

Aroldi acrescentou defender que, caso empresas privadas consigam comprar vacinas, distribuam para os grupos prioritários.

Leia tambémSobre carta autorizando importação de vacinas, Ministério da Saúde deixa perguntas sem resposta

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO