ACESSE

Líder do governo orienta voto 'sim' ao auxílio emergencial para artistas

Telegram

O deputado Vitor Hugor, líder do governo na Câmara, acaba de orientar voto “sim” ao projeto que cria um auxílio emergencial de R$ 600 para artistas e produtores em meio à pandemia da Covid-19 — a votação está em andamento na Câmara na tarde desta terça-feira.

“Gostaria, em nome do governo, de dizer que vamos orientar sim.”

Segundo Vitor Hugo, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) concordam com a aprovação da proposta.

“É o reconhecimento, por parte também do governo federal, que a cultura é importantíssima para o Brasil. O que criticamos é o aparelhamento da cultura, o que certamente não está sendo preconizado pelo projeto.”

Vitor Hugo agradeceu a relatora da proposta, deputada Jandira Feghali (PCdoB), pela “sensibilidade de aperfeiçoar o projeto”; e o deputado Arthur Lira, expoente do Centrão, por ter “ajudado na articulação para o acordo” da aprovação da matéria.

“Construímos um acordo de sanção do projeto”, acrescentou.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?

Comentários

  • Claudia -

    Pede p Globo! Cadê movimento solidário deste povo q mora Leblon e Ipanema??? Q vergonha! Ajudem seus amigos!

  • Fernando -

    Xará, fale menos sobre o que não conhece. No setor há uma infinidade de pequenos artistas, como os de circo, músicos, cenógrafos, iluminadores, carpinteiros, técnicos de som, e muito mais.

  • Claudia -

    Artistas pobrezinhos coitadinhas.. cadê solidariedade de Caetano Chico Gil e cia ???? Precisam de 600,00 dos pobres?

Ler 30 comentários