ACESSE

Líder do MDB confirma saída do bloco do Centrão

Telegram

O líder na Câmara e presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, confirmou no Twitter que o partido deixará o bloco parlamentar comandado por Arthur Lira.

“O MDB independente foi aprovado na convenção que me elegeu presidente do partido, em 2019. Apoiamos o que acreditamos ser bom para o País. A presença do MDB no bloco majoritário da Câmara se devia às cadeiras nas comissões. Manteremos diálogo com todos. Somos ponto de equilíbrio.”

O DEM, como noticiamos, também deixará o bloco do Centrão, fazendo com que Lira passe a liderar 158 deputados, e não mais 221.

As decisões do DEM e do MDB já fazem parte das movimentações nos bastidores para a sucessão de Rodrigo Maia, em fevereiro do ano que vem.

Deputados ouvidos pelo site disseram que o bloco do Centrão, formado no início do ano, de fato, para a composição da Comissão Mista de Orçamento (CMO), “dava uma falsa impressão de apoio” a Arthur Lira.

Além de Lira, são colocados como possíveis candidatos à sucessão de Maia os deputados Aguinaldo Ribeiro (PP), Elmar Nascimento (DEM), Baleia Rossi (MDB), Marcos Pereira (Republicanos) e Marcelo Ramos (PL). O deputado Capitão Augusto (PL), líder da bancada da bala, lançou na semana passada sua pré-candidatura, buscando apoio de bolsonaristas.

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: bolsonaristas e petistas juntos contra a proposta de prisão de condenados em segunda instância

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários