ACESSE

Líder do PP diz que 'não pode frear nem acelerar' a reforma

Telegram

Em entrevista à CBN, o líder do PP na Câmara, Arthur Lira, disse que o governo não tem base aliada suficiente para estipular prazos sobre a reforma da Previdência.

“Não pode frear nem acelerar o projeto na CCJ, não tem uma base que permita fazer calendários.”

O deputado defendeu que não faz diferença votar o projeto no colegiado nesta semana ou depois da Páscoa.

“Não vejo a questão, qual a necessidade. Se não for segunda-feira, for terça-feira, não tem problema. Não influenciará em nada no resultado.”

Ele também comentou:

“Essa PEC se estenderá no Congresso por alguns meses ainda, não tenho dúvida disso. Pela complexidade, pela dificuldade que o tema traz sobre algumas categorias. Os blocos começarão a acontecer, as discussões elas se aflorarão. Embora a maioria dos partidos tenham interesse em votar a reforma, não tem uma base ou articulação necessária para acertar esse ou aquele assunto durante determinado tempo.”

Sua aposentadoria está ameaçada. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Murilo -

    Base o kcte ! Eles querem dinheiro, pixulecos, roubalheira ... Tá certo o Bolsonaro, a responsabilidade é do congresso. Votem cazzo !

  • Renato -

    A reforma tem apoio de quase metade da população. Só 51 por cento são contra. É inacreditável que a barreira esteja na Câmara. Que só vota por favores. Bolsonaro se for a tv consegue até maio

  • Roberto -

    A pressa é só dos bancos.... o eleitor sequer votou nisso!

Ler 36 comentários