Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Líder do PSDB elogia PEC da Vingança: "Brilhante relatório"

O deputado Rodrigo de Castro chegou a dizer que o texto ficou "excessivamente" a favor dos interesses do Ministério Público
Líder do PSDB elogia PEC da Vingança: “Brilhante relatório”
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Arthur Lira tenta tratorar a votação de uma versão piorada da PEC da Vingança.

O líder do PSDB, Rodrigo de Castro (foto), ligado a Aécio Neves e muito próximo de Lira, votou para manter a proposta na pauta de hoje.

Ele chamou a última versão do texto a ser votado de “brilhante relatório”. O relator, Paulo Magalhães, do PSD da Bahia, que tem feito o que Lira manda nesse tema, só apresentou seu parecer atualizado momentos antes do início da sessão.

Rodrigo de Castro, elogiando o relator, alegou que “houve avanços na negociação” e chegou a dizer que o texto ficou “excessivamente” a favor dos interesses do Ministério Público.

É balela.

As entidades que negociaram com os deputados nos últimos dias, como registramos há pouco, criticaram a nova versão do texto e negaram que tenha havido acordo.

Republicanos e DEM, por exemplo, também orientaram voto para manter a PEC da Vingança na pauta, sem que seus líderes dessem o motivo.

Mais notícias
TOPO