Líder do PSL cobra transparência em relação a cartões de Bolsonaro

Telegram

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, cobrou de Jair Bolsonaro transparência em relação aos gastos de cartão corporativo.

“Por questão de transparência e combate a corrupção acho que devemos abrir também o cartão corporativo da Presidência, ministros. Ninguém deve ser imune”, disse ao Congresso em Foco.

A declaração ocorre em meio à crise de Bolsonaro com Luciano Bivar. Ontem à noite, o presidente voltou a defender que seja aberta a “caixa-preta” do PSL.

Comentários

  • Cleonor -

    Porque esse babaca não pede transparência dos cartões do Rodrigo Maia e do Alcolumbre que foram para o Vaticano com dinheiro publico.

  • Dácio -

    Caro, Delegado Waldir, por que não elabora um projeto para reduzir os gastos nas Casas Legislativas e Judiciário? É fácil apontar o dedo para o vizinho, Delegado?

  • jaime -

    Delgado panaca! Seu mandato pertence ao Bolsonaro, seu ingrato! O que seria essa basta de partido sem o presidente?

Ler 128 comentários