Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Líder do PSL tenta acalmar os ânimos entre bolsonaristas e bivaristas

Na semana passada, o deputado federal Felipe Francischini, líder do PSL na Câmara, comunicou a bancada que está interessado em reunir as duas alas, bolsonarista e bivarista, para “acabar com as arestas”.

A ideia de Francischini é tentar acalmar os ânimos e promover um diálogo saudável entre os dois grupos. Ele quer, inclusive, a depender do clima da reunião, sugerir ao comando do partido a retirada de ações que tentam expulsar bolsonaristas.

A reunião estava sendo esperada para esta quinta-feira (16), mas ainda não ocorreu.

Francischini está sendo pressionado a assumir o leme da bancada depois que se aproximou, juntamente com o vice-presidente da sigla, o advogado Antonio Rueda, do Palácio do Planalto.

O líder foi bastante criticado por deputados mais ligados a Luciano Bivar, que, aliás, como presidente nacional, negou a O Antagonista uma reconciliação com o governo Bolsonaro e proibiu seus deputados de negociarem cargos. A ver.

No contexto de toda essa história, está a dificuldade dos bolsonaristas em criar a Aliança pelo Brasil, partido que seria comandado pela família Bolsonaro e abrigaria os apoiadores mais aguerridos. O deputado Luiz Lima, como registramos nesta semana, é um dos bolsonaristas que já trataram de voltar para os braços do PSL.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO