Líder LGBT espera retomada do julgamento contra a homofobia em 2 meses

Liderança mais proeminente do movimento LGBT, Toni Reis considera que a suspensão do julgamento no STF contra a homofobia será oportuna para afinar o diálogo com o Congresso.

Após 4 votos pela equiparação ao racismo, Dias Toffoli não marcou data para a continuidade. Toni Reis espera a retomada em dois meses – até lá, vai tentar acalmar a bancada religiosa que já protesta contra a provável derrota na Corte.

“Não queremos prender nenhum pastor nem padre por dizer que ser homossexual é pecado. Queremos prender quem faz discurso de ódio e estimula violência psicológica e física”, diz Reis, que preside a Aliança Nacional LGBTI+.

Autor da ação no STF para criminalizar a homofobia, o PPS já apresentou nova proposta no Senado para punir de forma mais dura e específica atos de discriminação — como barrar a entrada de um homossexual em local público ou deixar de empregar uma pessoa por ser trans, por exemplo.

Toni Reis reconhece que a lei não resolve o problema, apesar de amenizá-lo. “O que precisamos é de muita educação para o respeito. Todo mundo tem parente, professor e amigo que é LGBT e não tem amparo.”

Bolsonaro Tem Até 29/3 Para Salvar a Sua Aposentadoria. Você precisa acompanhar de perto essa missão se quiser proteger seu patrimônio. LEIA AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. alberto disse:

    espero que em dois meses ja nao tenhamos mais nenhum destes senhores que nao cmprim nenhum dos quesitos para serem juizes de suprema corte , neste que deveria ser o orgao maximo de justiça e nao de i

    1. O STF é mm um ninho de pederastas dissimulados. Vide Celso Meloso e o min. Barrelo

Ler comentários
  1. Pedro disse:

    STF está legislando contra a vontade expressa do Poder Constituinte. Se o Congresso não fizer nada viramos uma juristocracia de vez.

  2. Carlos disse:

    Antes que aprovem a lei da mordaça: seu bando de V.1.Ado!!!!

  3. Carlos disse:

    Gostaria de anunciar e alto e bom som que, mesmo após a lei da mordaça, continuarei depreciando intimamente aqueles que têm prazer em dar Ré em um Kibe... sempre será inaceitável para mim...

    1. Exatamente. Não entendo oq há de tão puro no ato de socar bosta que ninguém pode críticar

    2. Carlos, saia do armário e assuma a sua homossexualidade. Abra suas asas, solte suas feras, caia na gandaia, entre nessa festa.

  4. Suricato disse:

    É um discurso redundante, não vai a lugar nenhum. Enquanto não mudarem o código penal mais rígido, o que mudou com a lei do feminicidio?Das 50 cidades mais violentas do mundo 18 estão no Brasil

    1. No Brasil morre 63.400 heteros e 445 gayzistas. Portanto é mais seguro ser gayzista do que hetero no Brasil

    2. Essas leis nunca serão aprovadas. O plc 122 manda lembranças. Qualquer lei que queira minar não só a liberdade de expressão politicamente incorreta, e a liberdade religiosa, será barrada.

  5. Claudio disse:

    E quem vai proteger a maioria da população ???

    1. No Brasil morre 63.400 heteros e 445 gayzistas. Portanto é mais seguro ser gayzista do que hetero no Brasil

  6. Silvio disse:

    O Legislativo tem que aprovar uma lei para definir que não pode existir uma classe especial de pessoas por suas escolhas sexuais! O STF insiste em legislar!

    1. No Brasil morre 63.400 heteros e 445 gayzistas. Portanto é mais seguro ser gayzista do que hetero no Brasil

    2. Eles querem prender pessoas atendam os g4ys que forem comprar bolo numa confeitaria, por exemplo, por causa de convicções de fé, ou censurar filmes. É a ditadvra g4y.

  7. Evanir disse:

    Tony Reis MENTE! Esse é só o primeiro passo e, certamente, virá o próximo passo que é perseguir religiosos e outros.

    1. No Brasil morre 63.400 heteros e 445 gayzistas. Portanto é mais seguro ser gayzista do que hetero no Brasil

    2. Imagina hoje, com um congresso ainda mais conservador...?

    3. Justamente. Por isso o plc 122 foi derrotado, na câmara e no senado.

  8. mojave disse:

    essa decisao vai ser usada a proposito de tudo que contrarie os homos.O cara pode ser fdp mas alegara sempre que é discriminaçao.Serao intocaveis. Espero uma lei p proteger os heteros dessa minor

    1. O ativismo judicial vai acabar transformndo os heteros do BR em eunucos ou efeminados.

    2. Sim. E para instituir em lei a liberação de do assédio gayzista contra heteros

  9. Presidente-XVII disse:

    O congresso pautou e arquivou o plc 122! Nem o STF, nem partidos de esquerda, nem ativistas lgbtuvwxyz, podem forçar a maioria cristã, conservadora, politicamente incorreta, a aprovar isso!

  10. Airton disse:

    Se vc e' contra o Casamento Gay, Nao case com alguem do mesmo sexo. Se vc e' contra Sexo com pessoas do mesmo genero, leve somente homens e mulheres heteros pra cama. Simples Assim ;)

    1. Vc que é gayzista quer falar por pessoas comuns?!?!?!? Era só oq faltava mesmo

    2. Pessoas comuns heterossexuais nao se importam com a comunidade LGBTi como os enrustidos que parecem ficar furiosos simplesmente por nao aceitar que gays saiam 'do armario' como eles gostariam?...…

    3. Mas se isso fosse restrito a 4 paredes nem sequer estaríamos aqui debatendo. Problema é que querem extrapolar totalmente às 4 paredes

  11. Observador777 disse:

    Decisões ESDRÚXULAS emanadas deste tribunal não devem ser reconhecidas... o congresso precisa dar FIM a esta situação!!!

  12. RobertoSilvaRJ disse:

    Eu quero saber se também vai ser criminalizado qualquer tipo de assédio feito por gays ou lésbicas contra heterossexuais. Essa PO##@ tem que ser via de mão dupla.

    1. Exatamente. Pq muitos apanham pq ficam assediando heteros. Pra mim essa criminalização de homofobia é pra instituir em lei o assédio de gayzistas à heteros

  13. Crítico🇧🇷 disse:

    Por um milagre liberaram comentários na publicação da criminalização da homofobia

  14. Crítico🇧🇷 disse:

    Oq me espanta é o STF usar como parâmetro dados do grupo gayzista da Bahia, que diz morrer 445 gayzistas num ano num país onde morrem 43.400 heteros

    1. Corrigindo o número. No Brasil morrem 445 gayzistas por ano e 63.400 heteros. Portanto as mortes se gayzistas não chegam a 1% do total

    2. É muito mais seguro ser gayzista do que ser hetero no Brasil

  15. Crítico🇧🇷 disse:

    Como será numa acusação? Pq qualquer um pode ser gayzista. Se eu quiser ferrar alguém posso me declarar gayzista e dizer que alguém foi homofóbico. Como se comprova o gayzismo?

  16. Crítico🇧🇷 disse:

    *"Homofobia" é um termo criado em laboratório social. Alguém conhece ou já ouviu falar de algum hetero que tenha fobia, medo extremado de homossexual?

    1. Ainda que exista, neste caso o homossexual teria total controle sobre esta suposta vítima, já que causaria medo, pavor, fobia, aversão, e não ódio ou desejo de destruição.

  17. Crítico🇧🇷 disse:

    Quem e como será definido oq é homofobia? Já que hoje tudo pode ser homofobia. Qualquer um que seja contrário a ideólogia totalitária gayzista é considerado homofóbico

    1. Na mídia vc nunca vê um médico, psicólogo, algum profissional contrário ao gayzismo, pq será? Se nem Einstein era unânime, pq o gayzismo é?

  18. Crítico🇧🇷 disse:

    No Brasil morre 63.400 heteros e 445 gayzistas. Portanto é mais seguro ser gayzista do que hetero no Brasil, já que mortes de gayzistas não alcança nem 1% do total

    1. eles sempre bloqueiam nesse tema. Será que é por medo da ditadura gayzista? Medo de serem linchados publicamente pelos gayzistas