Líder do PSD diz que foi leal com Temer e desconversa sobre Previdência

Como destacamos ainda na noite de ontem, após a votação da segunda denúncia contra Michel Temer, o presidente perdeu apoio considerável no PSD de Gilberto Kassab — reveja aqui.

Há pouco, Marcos Montes, líder do partido na Câmara, afirmou a O Antagonista que o resultado foi “dentro do esperado e de acordo com o que a bancada já havia, com lealdade, comunicado ao governo com antecedência”.

“O placar do PSD mostrou o que prevíamos: Temer, de fato, perdeu votos no partido.”

Questionado sobre o ânimo dos deputados da bancada — são 39 — para votar a reforma da Previdência, o líder respondeu: “Ainda é cedo para colocar esse assunto na mesa de discussão”.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 2 comentários
  1. Antagonistas desesperados com a reforma da Previdência.
    Foram buscar o colo de Valdemar Costa Neto (PR) e do Gilberto Kassab (PSD).
    “Você não vão ajudar o Temer, né? Pelo amor de Deus…”

  2. Impressionante como essa raça de políticos que pousou em Brasília é frouxa, canalha, bandida, malandra!
    O problema mais grave do país é justamente a Previdência Social, que está quebrada, falida e precisa ser revista!
    Impressionante como esses políticos vagabundos, demagogos não conseguem encarar o problema de frente, mostrar para a população onde estão os problemas(privilégios do funcionalismo público, idade para se aposentar e falta de contribuição dos empregados rurais) e atacá-los de frente!
    Funcionalismo público no Brasil representa mais ou menos 2% do total da população brasileira! Não é possível que um político não consiga falar para os 98% restantes!