Líderes do Centrão acreditam que Weintraub será o “boi de piranha” do vídeo

Telegram

Na avaliação de líderes do Centrão, a divulgação da reunião ministerial do dia 22 de abril favoreceu Jair Bolsonaro, mas tornou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, o “boi de piranha” a ser sacrificado, publica a Crusoé.

A avaliação de um influente líder do bloco é a de que, para se “salvar” perante o STF, Bolsonaro acabará tendo de ceder à pressão da Corte e demitir o ministro.

Na reunião, Weintraub afirmou que Brasília é muito pior do que podia imaginar e que, se fosse por ele, “botava esses vagabundos todos na cadeia, começando pelo STF”.

Como noticiamos, Celso de Mello enviou as falas do ministro da Educação aos demais membros do STF para que “adotem medidas que julgarem pertinentes”.

Comentários

  • Democrata -

    Que pelo menos a exoneração de Weintraub ocorra em função do show de horrores que foi essa reunião!

  • RONAL -

    Weintraub, falou tudo que os brasileiros falamos, todos os dias. Hoje mesmo STF autorizou mais um crinoso preso, às er deputado. Não cansam de ajudar os criminosos

  • Estela -

    E falar que o presidente faz parte da milícia pode turminha do STF? Quem falou isso foi o homem mais honesto desse planeta. E Agora?

Ler 137 comentários