Líderes do PCC movimentaram R$ 100 milhões, diz MP de São Paulo

A operação deflagrada hoje pelo MP de São Paulo contra lideranças do PCC mira movimentações financeiras de mais de R$ 100 milhões feitas pelo grupo.

Segundos os promotores do caso, esse dinheiro tem origem em diversas atividades ilegais, principalmente tráfico de drogas e de cobranças de integrantes da facção, informa a Crusoé.

De acordo com o MP, as investigações, que começaram no primeiro semestre do ano passado, revelaram a cadeia de logística do trafico de drogas do PCC. Foi identificada a participação de 21 pessoas, algumas delas presas hoje.

Leia mais: Exclusivo: segundo Marcelo Odebrecht, a empreiteira chegou a “pagar caro” a um escritório autorizado por Toffoli para “intermediar” a relação entre eles
Mais notícias
TOPO